Pular para o conteúdo
Voltar

Produtor mostra criação de caprinos e produção artesanal de derivados do leite

Rosana Persona (Empaer)

Seaf
A | A

Visita técnica mostrou criação de caprinos na área do produtor rural José Vitor de Lima Pereira, na Estância Cabrabom, localizada na Comunidade Praia Grande, em Cuiabá. Com um plantel de 70 cabras da raça Saanem e Parda-alpina, são produzidos de forma artesanal queijo frescal, ricota, coalhada seca, cremosinho com sete sabores e doce de leite. O evento recebeu 13 produtores rurais do município de Denise, técnicos e outros.

Durante a visita o zootecnista da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Antônio Rômulo Fava, e a médica veterinária Fabíola Fernandes apresentaram as instalações da propriedade, como é feito o manejo e criação dos caprinos leiteiros, alimentação, vacinação, ordenha, comercialização e transformação do leite e derivados. A visita contou com a participação do técnico agropecuário da Empaer Roberto Ruiz, que solicitou a visita para os produtores de Denise.

O engenheiro agrícola da Empaer, Eduardo Souto, fala que os produtores puderam ver de perto o manejo executado na propriedade com os animais e tirar dúvidas sobre o sistema de criação. Conforme Eduardo, a visita agregou conhecimento prático aos produtores que planejam futuramente alavancar a caprinocultura no Estado de Mato Grosso. “O produtor Vitor é um dos poucos que se arriscam a produzir leite de cabra na região. Ele é um exemplo de perseverança e motivação para os produtores”, enfatiza.

O produtor José Vitor possui a criação de caprinos desde 2005, e no momento, com apenas 27 animais em lactação, está produzindo 35 litros de leite por dia. Na propriedade de 20 hectares, a criação de caprinos ocupa uma área de dois hectares de pastagem. Durante a visita, o proprietário expôs os principais pontos a serem observados no manejo diário dos animais e as medidas sanitárias adotadas para garantir a qualidade e segurança do produto final.

Com um gosto doce, o leite de cabra tem mais cálcio do que o leite de vaca, e é mais fácil de digerir. A extensionista social da Empaer, Tânia Maria Buzzi, explica que as pessoas que são alérgicas ao leite de vaca são bem tolerantes ao leite de cabra,que possui mais proteína e gordura e menos carboidratos e lactose.  A extensionista abordou sobre a importância do leite de cabra, valor nutricional e os benefícios. “Considero o leite de cabra o alimento do futuro”, esclarece Tânia.