Pular para o conteúdo
Voltar

Governo inaugura unidade da Empaer na Central de Comercialização da Agricultura Familiar

Rosana Persona

João de Melo (Empaer)
A | A

Uma unidade distrital da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) será inaugurada na Central de Comercialização José Carlos Guimarães, em Várzea Grande, na sexta-feira (09.02), às 08h30, durante a solenidade de entrega de barracas de feira, equipamentos e veículos para agricultores familiares. O evento é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf).

A Central de Comercialização possui uma área de cinco hectares e três mil metros quadrados de área construída para atender famílias de agricultores. O trabalho para o bom funcionamento da Central começou em 2009 com os técnicos da Empaer, que realizaram o cadastramento de agricultores familiares do Vale do Rio Cuiabá e outras cidades. Foi elaborado também um diagnóstico com o planejamento, a fim de garantir o abastecimento dos hortifruti com a escolha de 29 variedades de Frutas e 29 de Legumes e Verduras (FLV) que são produzidos.

Na época foi realizada em todos os municípios da Baixada Cuiabana, reunião com os produtores e entidades de classe ligadas ao meio rural para discutir a elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento para organização da produção e comercialização. Técnicos da Empaer foram capacitados para prestar serviço de assistência técnica e na sequência, alguns produtores receberam treinamento e capacitação. O trabalho da Empaer é voltado para a organização da produção auxiliando e prestando Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) aos produtores.

O presidente da Empaer, Layr Mota da Silva, comenta que a Empaer oferece o serviço de Ater e auxilia o produtor desde o plantio até a colheita. Layr ressalta que aos técnicos da Empaer contribuíram com a criação da Central que foi inaugurada em 2010 com objetivo de fortalecer a produção  de FLV em Mato Grosso. E ainda esclarece que a nova unidade distrital será apenas um apoio na Central com informações de como o produtor pode receber  Ater em sua propriedade rural.

Conforme Mota, em 2017 a Empaer atendeu 6.829 agricultores familiares dos 13 municípios que compõem o Vale do Rio Cuiabá. Financiou recursos na ordem de aproxiamdamente R$ 2 milhões para investimento e custeio, nas linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e outros. Para acessar o crédito rural e as políticas públicas foram emitidas 692 Declarações de Aptidão do Pronaf (DAP). “A Central da Agricultura Familiar foi instalada com a finalidade de impulsionar a produção agrícola e garantir a comercialização de hortifruti para todo Mato Grosso”, enfatiza.

Os municípios do Vale do Rio Cuiabá são: Chapada dos Guimarães, Barão de Melgaço, Santo Antônio de Leverger, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Nobres, Poconé, Nova Brasilândia, Várzea Grande, Acorizal, Rosário Oeste, Planalto da Serra e Cuiabá. Em todos os municípios a Empaer possui um escritório.