Pular para o conteúdo
Voltar

Baixa internacional do preço da borracha mobiliza setor em MT

Baixa internacional do preço da borracha mobiliza setor em MT
Chrystiane da Conceição (Assessoria/Empaer)

A | A
Devido a baixa internacional do preço da borracha, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Associação dos Heveicultores do Estado de Mato Grosso (Ahevea-MT) reuniram-se na tarde desta última terça-feira (12.08) para discutir a retomada e o fortalecimento da Associação, bem como avaliar a situação da heiveicultura (borracha) no estado de Mato Grosso. A reunião, ocorrida na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), contou com a participação dos produtores mais ativos no estado. “Trabalho com a extração da borracha há mais de 32 anos na região mas, por enquanto, estamos parados, pois com essa baixa do preço fica inviável. Nós precisamos nos organizar porque 75% do consumo nacional hoje é importada”, ressaltou o produtor de Barra do Bugres, Ricardo Ferraz. O engenheiro florestal da Empaer, Antônio Rocha Vital, comentou sobre a atuação técnica do órgão. “Hoje em Mato Grosso temos mais de 20 mil famílias que trabalham com a borracha e a Empaer é o agente mobilizador, visto que somos a empresa pioneira com o trabalho da seringueira. A borracha é o único produto da agroindústria genuinamente artesanal do início ao fim, então ela é a melhor forma de fixar o homem no campo”, afirmou Rocha. O engenheiro agrônomo e secretário da Sedraf, Luiz Carlos Alécio falou sobre o histórico da borracha no estado. “Mato Grosso vem plantando seringa desde 1980 e sempre passou por altos e baixos, visto que a cultura é perene e dura entre 30 a 40 anos. A Associação, criada por volta da década de 90, estava inativa há alguns anos mas temos que reativá-la para que possamos reivindicar as necessidades do setor”, analisou. Durante a reunião foi escolhido o novo presidente da Associação de Produtores da Borracha de Mato Grosso, Israel Antunes Marques, que também é produtor no município de Denise.