Pular para o conteúdo
Voltar

BID realiza oficina para técnicos de ATER em Sinop

BID realiza oficina para técnicos de ATER em Sinop
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Com objetivo de promover a adoção de tecnologias de agricultura de baixo carbono por pequenos e médios produtores rurais, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) realiza a Primeira Oficina de Planejamento de Atividades e Conhecimentos do Projeto Rural Sustentável para técnicos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e outros. Com a participação de 36 pessoas, o evento é realizado no município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), na sede da Embrapa, nos dias 28 a 30.07 (terça a quinta-feira). As consultoras do BID, Kátia Carvalheiro e Ludhiana Sales e Silva estão apresentando o Projeto Rural Sustentável que tem a finalidade de facilitar o acesso ao crédito rural com investimento em tecnologias de baixa emissão de carbono e conservadoras do meio ambiente. As tecnologias promovidas pelo projeto são: Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, Recuperação de Áreas Degradadas com Florestas ou Pastagens, Florestas Plantadas e Manejo Florestal Sustentável. O projeto toma por base estudos da Embrapa que indicam que a aplicação de tais tecnologias poderá aumentar a renda e produtividade dos agricultores beneficiados, assim como melhorar a qualidade ambiental das propriedades rurais atendidas, inclusive com medidas de adequação ambiental das propriedades frente ao novo Código Florestal. O Projeto Rural Sustentável do BID também está em andamento nos Estados do Pará, Rondônia, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais e Bahia. A expectativa é beneficiar um público de dez mil pessoas, entre técnicos e produtores rurais, em um prazo de dois anos, e habilitar 3,5 mil propostas técnicas para acessar crédito rural para a agricultura de baixo carbono e promover a produção sustentável.