Pular para o conteúdo
Voltar

Com assistência técnica, produtor aumenta produção em Lambari d’Oeste

Com assistência técnica, produtor aumenta produção em Lambari d’Oeste
Rosana Persona / Sônia Trindade (Assessoras Empaer-MT)

A | A
No município de Lambari d’Oeste (339 km a Oeste de Cuiabá), o produtor rural Vanderlei Xavier de Oliveira começou esta semana a colheita da melancia e de arroz. Com a diversificação do cultivo, aplicação de técnicas de manejo, assistência e extensão rural, a expectativa do produtor é obter lucro e renda com as culturas assistidas pelos técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). Proprietário de uma área de 41 hectares, ele possui também o plantio de abacaxi e criação de gado de leite. Vanderlei relata que em 2015 resolveu plantar mil pés de melancia, sem assistência e manejo correto, ouvindo opinião apenas de outros produtores. Ele fala que não deu certo, não produziu nada e ainda teve prejuízo. No mesmo ano, resolveu buscar ajuda da Empaer para receber instruções corretas de cultivo e manejo. E hoje, a situação é bem diferente. Numa área de dois hectares, cultiva 2 mil pés de melancia e espera colher seis mil frutos. Numa área de 1.200 metros quadrados vai colher mais de 20 sacas de arroz de terras altas. O técnico agrícola da Empaer, Alex José Lemos, explica que foi feita a análise do solo para correção da terra e a partir daí, começou o plantio da melancia, arroz e abacaxi. De acordo com Alex, o cultivo do arroz já virou uma referência para os produtores da região, devido a produtividade e a qualidade dos grãos produzidos. “Faz muito tempo que não produzem arroz na região e produtores estão visitando a propriedade para conferir o cultivo, variedade e a boa produtividade da cultura”, destaca Alex. A propriedade possui ainda uma área de 2.600 metros quadrados com o cultivo de 7 mil pés de abacaxi, da variedade pérola. Possui também um plantel de 20 cabeças de gado de leite, da raça Girolanda, com uma produção mensal de 1.500 litros de leite. “O trabalho da Empaer é muito importante em nosso município, os técnicos mostram o jeito correto de produzir e ter retorno financeiro. Estou muito satisfeito com a dedicação e as informações recebidas durante o plantio das culturas”, enfatiza Xavier. O técnico da Empaer comenta que recursos na ordem de R$ 635 mil do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) foram liberados para 10 produtores rurais do município. O crédito rural será destinado para aquisição de gado leiteiro, de corte e outros. O projeto para aquisição de recursos foi elaborado pelos técnicos da Empaer.