Pular para o conteúdo
Voltar

Comunidade participa do lançamento do projeto econômico que vai beneficiar 500 famílias

Comunidade participa do lançamento do projeto econômico que vai beneficiar 500 famílias
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
Acontece neste sábado (14.09), a partir das 8 horas, no município de Santo Antônio de Leverger (34 km ao Sul de Cuiabá), na comunidade Varginha, a abertura do Dia Especial da família com o lançamento do projeto de desenvolvimento econômico para cinco comunidades rurais. O projeto vai beneficiar mais de 500 famílias que residem nas margens do Rio Cuiabá. O evento será no Salão Paroquial e os participantes terão acesso a feira do produtor e aos estandes de piscicultura, avicultura, flores tropicais, horta doméstica, fruticultura e outros. O Dia Especial é realizado pelo Rotary Club de Cuiabá em parceria com vários órgãos do Estado, município e empresas privadas. O diretor técnico da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Almir de Souza Ferro, fala que o trabalho na comunidade priorizou as ações e desejos dos produtores rurais e pescadores. Ele destaca que a função dos técnicos da Empaer é acompanhar e orientar a implantação de projetos agropecuários com base nas principais cadeias produtivas e prestar assistência técnica diferenciada. O presidente do Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (NDRC), Carlos Moreno, comenta que o objetivo do trabalho é proporcionar uma economia regional sustentável que mantenha a família no campo com qualidade de vida e renda. Para verificar e avaliar as características das comunidades, habilidades, vantagens comparativas e competitivas de sua localidade, foi realizado um diagnóstico participativo. Os produtores rurais decidiram trabalhar com a piscicultura, implantação de hortifrutigranjeiros e outros. O diagnóstico foi aplicado nas comunidades rurais de Varginha, Bocaina, Engenho Velho, Vereda e Morrinhos. A ação é abrangente com atuação na área ambiental, infra-estrutura, social e econômica. Os produtores escolheram também a atividade apícola para produção de mel, preservação ambiental, implantação da pecuária de leite e flores tropicais. O projeto conta com a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Consórcio Intermunicipal Vale do Rio Cuiabá, Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Prefeitura e Câmara municipal de Santo Antônio de Leverger, Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Secretaria Estadual de Turismo, Banco do Brasil, Banco da Amazônia, MT Fomento e outros. É esperado para o Dia Especial da família mais de 200 pessoas, entre produtores, membros das comunidades e autoridades. O encerramento está previsto para as 17 horas.