Pular para o conteúdo
Voltar

Curso apresenta tecnologia para produção de hortifruti no Vale do Rio Cuiabá

Curso apresenta tecnologia para produção de hortifruti no Vale do Rio Cuiabá
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
A técnica do cultivo protegido de hortaliças e sistemas sem solo foi o tema da capacitação continuada da cadeia produtiva da olericultura, ministrado pelos pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), nos dias 9 e 10 de agosto, no município de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá), para um público formado por técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), prefeituras municipais e parceiros do Vale do Rio Cuiabá. O pesquisador da Embrapa, Flávio Fernandes Júnior, abordou técnicas de cultivo em especial, sobre hidroponia na produção de legumes, verduras e frutas. A proposta do pesquisador é produzir com tecnologia e aplicar normas de boas práticas agronômicas e da produção integrada para reduzir o uso de agrotóxicos. Ele comenta que este é o terceiro módulo e no próximo será aplicado a síntese da teoria na prática. A capacitação será realizada durante três anos. “O objetivo é produzir com qualidade para atender o mercado consumidor”, destaca Júnior. Para avaliação de cultivares foram instaladas Unidades de Referências Tecnológicas (URT’s) no município de Sinop (500 km ao Norte da capital), na área de pesquisa da Embrapa, com as culturas de alface, rúcula, tomate e pepino. No Assentamento Senador Jonas Pinheiro, em Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), serão testados brócolis, couve-flor, cenoura, beterraba, repolho verde e tomate. E em Várzea Grande será instalada ainda este ano uma URT’s. O coordenador regional da Empaer, Vico Capistrano Alencar, esclarece que a capacitação continuada oferece aos 60 técnicos, de 12 municípios do Estado, tecnologia para atender o produtor rural. Capistrano ressalta que no mês de dezembro, alguns produtores serão selecionados para participarem de um curso de aperfeiçoamento para produção de Frutas, Legumes e Verduras (FLV), conforme a metodologia aplicada nos módulos pelos pesquisadores da Embrapa. A engenheira agrônoma da Empaer, Luziane Cunha Siqueira, participa da capacitação desde o primeiro módulo e está aguardando as aulas práticas para aplicar o conhecimento do curso. O técnico agropecuário, Amarildo Sampaio Anchieta, enfatiza que está levando para a comunidade rural o aprendizado e segundo ele muitos produtores querem produzir com tecnologia para garantir produtos o ano todo e de qualidade. O próximo módulo de capacitação será realizado no mês de novembro.