Pular para o conteúdo
Voltar

Curso de olericultura debate cultivo protegido de hortaliças em Poconé

Curso de olericultura debate cultivo protegido de hortaliças em Poconé
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
Com a proposta de produzir com tecnologia, promover a rentabilidade do produtor rural e reduzir o uso de agrotóxicos será realizado nos dias 09 e 10 de agosto (quinta e sexta-feira), o terceiro módulo de capacitação continuada da cadeia produtiva da olericultura para técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e parceiros do Vale do Rio Cuiabá. O curso será coordenado pelo pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Flávio Fernandes Júnior, que abordará o sistema sem solo, cultivo protegido de hortaliças, plantio direto e produção agroecológica de hortaliças. A abertura do evento será às 8h30, em um hotel fazenda, localizado no km 70, município de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá). Flavio explica que o objetivo é apresentar e discutir os conhecimentos e tecnologias desenvolvidas pela Embrapa e parceiros, para serem aplicados no Estado. O curso contará com quatro módulos e serão instaladas oito em Unidades de Referência Tecnológica (URT) para avaliação de cultivares. No município de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá) estão implantando ensaios com as culturas de tomate, cenoura, beterraba, pimentão, repolho verde e brócolis. Em Sinop (500 km ao Norte da Capital), também em fase de implantação as olerículas, pepino, alface, batata doce e tomate. Em Várzea Grande e Poconé serão implantadas URTs. A capacitação é uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso e Embrapa para os técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Empaer e prefeituras municipais. O coordenador regional da Empaer, Vico Capistrano Alencar, lembra que foi realizado um diagnóstico nas propriedades rurais, que permitiu o planejamento da produção e na escolha de 29 variedades de frutas e 29 de legumes e verduras, que serão produzidos para abastecer a grande Cuiabá. O quarto módulo acontecerá no mês de outubro. O curso de olericultura tem encerramento previsto na sexta-feira (10.08) às 17h.