Pular para o conteúdo
Voltar

Dia de Campo sobre o cultivo do Maracujá em Brasnorte

Dia de Campo sobre o cultivo do Maracujá em Brasnorte
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Aconteceu no município de Brasnorte (579 km a Noroeste de Cuiabá), na chácara Duas Meninas, na propriedade do agricultor Wanderley Sjydlovski, o Dia de Campo sobre o cultivo do maracujazeiro amarelo. O evento foi realizado pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), prefeitura municipal e outros. Participaram do Dia de Campo produtores rurais, técnicos, estudantes e interessados em produzir a cultura. Os visitantes percorreram três estações. Na primeira, o pesquisador da Embrapa, Givanildo Roncatto, falou sobre cultivares de maracujazeiro amarelo. O produtor rural Wanderley abordou a implantação da Unidade de Referência Tecnológica (URT) das cultivares. Ele conta que já cultivou maracujá e agora quer produzir frutos de qualidade para comercializar no comércio do município. “Pretendo cultivar a cultura do maracujá irrigada e produzir o ano todo”, enfatiza Wanderley. Na segunda estação, o técnico agrícola da Empaer, Valmir Ribeiro de França, destacou a importância das mudas, preparo do solo e covas, adubação, irrigação, produtividade, custos e receitas.Conforme Valmir, a URT foi implantada com objetivo de selecionar cultivares de maracujazeiro adaptadas e produtivas para serem incorporadas ao sistema de produção da cultura nas propriedades dos agricultores familiares, garantindo o sucesso e a expansão do maracujazeiro no município. Na terceira e última estação, o pesquisador da Empaer, Humberto Carvalho Marcílio, esclareceu aos visitantes sobre a condução da cultura e a importância da polinização manual no aumento da produtividade, controle das principais pragas e colheita. Ele explica que o maracujá é uma planta de clima tropical e está em franca expansão tanto para a produção de frutas para consumo "in natura" como para a produção de suco. O período de colheita dos frutos inicia a partir de seis a nove meses após o plantio. A coleta pode ser feita durante uma ou três vezes por semana. O evento foi realizado no dia 28 de junho, apresentando uma nova alternativa de renda para os produtores da região.