Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer comemora o dia do extensionista rural com entrega de minibibliotecas para instituições

Empaer comemora o dia do extensionista rural com entrega de minibibliotecas para instituições
Rosana Persona (Jornalista)

A | A
No dia 06 de dezembro, as empresas de assistência técnica e extensão rural do Brasil comemoram 62 anos de serviços prestados ao produtor rural. Em Mato Grosso, o trabalho da extensão rural foi constituído oficialmente no dia 15 de setembro de 1964, com a criação da Associação de Crédito e Assistência Rural de Mato Grosso (Acarmat). Em 1992, foi instituída a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). O presidente da Empaer, Enock Alves dos Santos, fala que o papel do extensionista tem contribuído decisivamente no processo de desenvolvimento do Estado, por meio de ações educativas, transferindo tecnologia agropecuária e gerencial capaz de elevar a produtividade e a renda das famílias rurais. Com atuação em 94% dos municípios do Estado, atendendo mais de 35 mil produtores por ano, a Empaer disponibiliza os serviços de Ater, Pesquisa e Fomento aos agricultores familiares em 133 municípios por meio de nove unidades operativas regionais, dois centros regionais de pesquisa, seis campos experimentais, quatro viveiros de produção, um núcleo de laboratórios. Toda a estrutura conta com a força de trabalho de 563 funcionários. A Empaer tem como missão gerar conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural com prioridades à agricultura familiar. O diretor de Ater, Almir de Sousa Ferro, e de Pesquisa Carlos Luiz Milhomem de Abreu acreditam que no futuro a empresa esteja consolidada, moderna, atualizada, contemporânea, de conhecida eficiência no cumprimento de sua missão. A Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) que congrega 27 Emater’s no País, também comemora a reconstrução da extensão rural que quase foi extinta em 1990, durante uma crise instalada devido às diretrizes do governo federal da época. O presidente da Asbraer, Nilton Cosson, fala que no Brasil existem 20 mil extensionistas, prestando atendimento a 2,5 milhões de produtores rurais. Ele recorda que em anos anteriores os recursos para extensão rural eram de apenas 3 milhões e hoje são R$ 600 milhões. “Estamos num processo de fortalecimento da extensão rural e avançando na construção de um serviço de qualidade”, destaca Nilton. Uma das grandes conquistas dos extensionistas e agricultores rurais foi a aprovação da lei que institui a Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER) para a agricultura familiar e cria o Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (Pronater) e define os princípios e os objetivos dos serviços de Ater. MINIBIBLIOTECAS Para comemorar o dia do extensionista será realizada uma reunião com os supervisores regionais da Empaer e a entrega de minibibliotecas e portfólios com informações dos serviços de Ater para os agricultores familiares, no dia 07 de dezembro (terça-feira), na sede da empresa. A bibliotecária da Empaer, Eunice H. Oda, explica que a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio do Programa Mais Alimentos, disponibilizaram os materiais que serão entregues para mais de 20 instituições. Conforme Eunice, o Estado de Mato Grosso recebeu 33 coleções, cada uma composta de 150 publicações impressas, 40 vídeos, um CD com 33 arquivos e um portfólio temático com 16 CDs/DVDs (anexos), que serão distribuídos para Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), Universidade de Várzea Grande (Univag), Universidade de Cuiabá (Unic) e outras. A entrega do material acontecerá às 14h30, à Rua Jari Gomes, número 454, bairro Boa Esperança, Cuiabá.