Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer comercializa 50 mil alevinos em apenas um dia

Empaer comercializa 50 mil alevinos em apenas um dia
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Para garantir a compra de alevinos na Estação de Piscicultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), localizada no município de Nossa Senhora do Livramento, (42 km ao Sul de Cuiabá), produtores chegam durante a madrugada para pegar a senha. O chefe da Estação, Antônio Claudino da Silva Filho fala que venderam em apenas um dia, 50mil alevinos, medindo de três a cinco centímetros, para recria e engorda para 40 produtores rurais. A Estação estará comercializando alevinos uma vez por semana, apenas na sexta-feira. O produtor rural, Carlos José Bosa, do município de Nossa Senhora do Livramento, chegou à Estação às 4h20, e pegou a senha de número sete. Com experiência na criação de alevinos em cativeiro, comercializa por semana 400 quilos de peixe. No ano de 2014 vendeu mais de 3.700 quilos. No primeiro dia de comercialização da Empaer adquiriu cinco mil alevinos de tambatinga. “Conheço os alevinos da Empaer, desenvolvem bem, retorno rápido, baixa mortandade e a maioria dos piscicultores chega cedo para adquirir um produto de qualidade”, enfatiza Carlos. Com dois tanques para engorda de alevinos e pela primeira vez na atividade, o ex-secretário de Comunicação do Estado, jornalista Osmar de Carvalho, comprou dois mil alevinos das espécies, tambatinga e tambacu. Na companhia da sua mulher, Célia Martins de Carvalho os dois falam da expectativa em criar alevinos em cativeiro e da experiência que esperam adquirir com a nova atividade. Proprietários de uma área de 54 hectares, no Distrito da Guia, acreditam que em 10 meses, os alevinos estarão prontos para o abate e consumo. A dona de casa, Oroniz da Luz Nunes, chegou à Estação às 4 horas, para adquirir mil alevinos de tambatinga para abastecer o tanque na chácara, localizada em Cuiabá. Ela declara que pela primeira vez vai criar alevinos para consumo da família. O piscicultor Mindo Brevnig possui uma área de 28 hectares e 1,9 hectares de lâmina d’água para criação de peixe. Com experiência na criação de tambaqui e pintado, comprou 2 mil alevinos de tambatinga. O desembargador aposentado, José Ferreira Leite, comprou três mil alevinos de tambatinga para abastecer cinco tanques em sua na propriedade rural no município de Santo Antônio de Leverger. Na entrega dos alevinos, o chefe da Estação, Antônio Filho, repassa orientações aos piscicultores desde os cuidados com a soltura dos alevinos nos tanques ou represas, até o abate. Filho informa que é importante o momento da soltura do peixe na água, verificando a temperatura para aclimatização dos alevinos, ajustando as mudanças com cuidado. “Os peixes são transportados em embalagens plásticas com oxigênio e para evitar um choque térmico é necessário colocar as embalagens umas três vezes na água, para soltar na quarta vez os alevinos, evitando a perda e morte”, esclarece Antônio. Para adquirir peixe da Empaer acima de 10 mil alevinos é necessário fazer reserva e encomendar – (65) 9606 0281/ 9973 5421. A Estação começa a vender a partir das 6h30 e encerra às 15 horas. Os preços dos alevinos são considerados os melhores da praça, alevinos medindo de três a cinco centímetros são comercializados por R$ 160,00 o milheiro, de cinco a oito centímetros por R$ 220,00 e de oito a dez centímetros R$ 260,00 o milheiro e a entrega é imediata. O transporte é por conta do comprador.