Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer comercializa suínos a agricultores em Livramento

Empaer comercializa suínos a agricultores em Livramento
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
Com objetivo de atender agricultores familiares do Vale do Rio Cuiabá, suínos das raças Piau e Sorocaba são comercializados na Estação de Piscicultura e Suinocultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), localizada no município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá), por R$ 4,50 o quilo e leitões pesando 13 quilos por R$ 58,50. O chefe da Estação, Antônio Claudino da Silva, explica que é utilizado o Sistema Intensivo de Suínos Criados ao Ar Livre (Siscal), que apresenta desempenho e reduz o custo de implantação da atividade. Com um plantel acima de 50 matrizes de suínos na Estação, os leitões permanecem na maternidade e são vendidos com mais de 45 dias, pesando entre 15 a 18 quilos. O Sistema de Criação ao Ar Livre consiste na criação de suínos em ambientes abertos em piquetes de forrageiras, áreas arborizadas, abrigos e outros. Os animais são mantidos nessas áreas nas fases de reprodução, gestação, lactação e recria. Segundo Silva, os animais criados ao ar livre recebem manejo produtivo, reprodutivo e alimentar semelhantes aos dos animais criados em sistema tradicional confinado. Este sistema devolve ao animal as condições ambientais mais próprias de seu habitat, que refletem positivamente na produtividade. A técnica tem como objetivo proporcionar avanços produtivos e reprodutivos de fêmeas promovendo um baixo custo de implantação, maior viabilidade econômica e melhoria no bem estar dos animais. Considerada uma das melhores raças desenvolvidas no Brasil o Piau tem uma pelagem branco-creme com manchas pretas, pesa 68 quilos aos seis meses e 160 quilos com 12 meses. O Sorocaba tem uma pelagem vermelha. São considerados animais rústicos e de boa produção de carne e gordura. “Devido à rusticidade da raça são apropriadas para o agricultor familiar e permite retorno financeiro em apenas um ano de criação”, explica Antônio. Conforme o chefe da Estação, a suinocultura atualmente tem evoluído e tornou mais uma opção de renda para o pequeno produtor. Para mais informações sobre sistema de criação, manejo e compra de animais falar com Antônio - (65) 9973 5421.