Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer e prefeitura realizam o 2º Encontro em Barra do Garças

Empaer e prefeitura realizam o 2º Encontro em Barra do Garças
Chrystiane da Conceição (Assessoria/Empaer)

A | A
O 2º Encontro da Mulher Rural de Barra do Garças ocorrido na última sexta-feira (22.08), na Associação da Polícia Militar (ASPM), contou com a participação de mulheres de 15 comunidades rurais da região. O evento foi organizado pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) em parceria com Prefeitura Municipal de Barra do Garças, Secretaria Municipal de Ação Social e recurso do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A programação incluiu palestras sobre combate à violência doméstica e direitos da mulher, que é uma ação da Rede de Enfrentamento à violência Contra a Mulher na comarca de Barra do Garças. “A questão da Violência, seja ela contra as mulheres, crianças, jovens, adultos ou idosos, é um problema de todos. Exige uma atenção especial do Estado e das organizações da sociedade civil. Nossa intenção é promover conversas e debates a fim de esclarecer as mulheres, pois a Lei Maria da Penha engloba cinco categorias de violência doméstica e familiar: física; psicológica que provoca baixa autoestima; violência sexual; patrimonial e a violência moral”, explicou a defensora pública Lindinalva de Fátima Ramos. Outro diferencial foi o trabalho educativo de conscientização quanto à importância da detecção precoce do câncer de mama, realizado pelo Barra Mama, associação de voluntários no combate ao câncer em Barra do Garças. “Nós capacitamos os voluntários para que eles estejam aptos a ajudar os pacientes, assim como seus familiares”, ressaltou Genoveva Correa, presidente do Barra Mama. A produtora rural Dineuma Rosa Neto (38 anos) da comunidade Vale dos Sonhos, contou com entusiasmo o que achou do encontro: “É a primeira vez que eu participo e estou adorando, pois a gente aprende sobre nossos direitos de forma divertida e instrutiva”, afirmou. A Ong Sadhloestur (Sociedade Araguaia pelo Ambiente, Cultura, Desporto, Diversidade, Direitos Humanos, Livre Orientação e Expressão Sexual, Saúde, Segurança e Turismo) presenteou as mulheres com um monólogo da personagem Brusulina Ferreira de Assis, interpretado pelo ator Rubens Batista, do Grupo Teatral Eclipse e apresentação de dança do ventre da professora Laynnis Stefhania. As mulheres ainda tiveram palestras sobre empreendedorismo, segurança pública e da família, primeiros socorros, a arte de falar em público, exposição de artesanato regional, e sessões de massagem, maquiagem, manicure e cabeleireiro.