Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer organiza ciclo de palestras para produtores em Leverger

Empaer organiza ciclo de palestras para produtores em Leverger
Rosana Persona/Sonia Trindade

A | A
Mais de 50 agricultores familiares do Assentamento Gleba Resistência, localizado no município de Santo Antônio do Leverger (34 km ao Sul de Cuiabá), participaram do ciclo de palestras técnicas realizado pelos pesquisadores da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer). De acordo com o supervisor da Empaer, Henrique Teodoro de Melo, foi abordada a importância da fruticultura, piscicultura, crédito rural e hidroponia. Durante o ciclo de palestras, o pesquisador Humberto Carvalho Marcílio destacou o cultivo do abacaxi, maracujá e banana enfocando a parte técnica e econômica. O pesquisador Enock Alves dos Santos falou sobre as noções básicas para implantação da piscicultura. O pesquisador Nesvaldo Bento de Oliveira, contou sobre a evolução do cultivo protegido na produção de hortaliças no sistema hidropônico e o pesquisador Valdevino Borges, sobre os serviços oferecidos pelo laboratório da Empaer. De acordo com Henrique, as informações têm a finalidade de orientar e fomentar a atividade no município, visando uma nova alternativa de renda para as famílias rurais. Em sua palestra sobre crédito rural, ele destacou como financiar recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf A) e Mais Alimentos. O presidente da Associação dos Pequenos Produtores da Gleba, Manoel Saraiva dos Santos, proprietário de uma área de 25 hectares, possui como atividade econômica a pecuária e piscicultura. Ele explica que a maioria dos projetos para a agricultura foram elaborados pelos técnicos da Empaer. Já a produtora rural Nelza de Azevedo, que cultiva quatro hectares de mandioca, quase dois hectares de cana-de-açúcar, 300 mudas de caju e abacaxi, quer ampliar a sua produção com informações técnicas. O produtor rural Marcos Luiz dos Santos, morador há 14 anos na Gleba Resistência, possui dez hectares de terra e tem como atividade principal a piscicultura. Possui três tanques de peixe que utiliza para recria e engorda e comercializa semanalmente em torno de 500 quilos de pescado nas feiras e comércio de Santo Antônio do Leverger. “Esse tipo de iniciativa e informações fortalece os produtores rurais e estamos muito satisfeitos com as orientações”, enfatizou. O ciclo de palestras aconteceu no dia 22 de março (terça-feira) e contou com a participação do coordenador de Pesquisa da Empaer, Sebastião de Campos Filho e de técnicos da Empaer.