Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer participa do “Outubro Rosa”

Empaer participa do “Outubro Rosa”
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
A campanha ‘Outubro Rosa’, que alerta sobre os riscos do câncer de mama, a importância da prevenção e do diagnóstico precoce teve início na quinta-feira (01.10), nas unidades de saúde de Cuiabá. A Empaer aderiu ao evento e começou o dia entregando o laço cor de rosa, símbolo da campanha, para as mulheres da empresa. O presidente da Empaer, Layr Mota da Silva, fala que a campanha de conscientização também vai chegar ao interior do Estado e ao campo informando as mulheres rurais sobre os cuidados e a prevenção. Essa mobilização em torno da prevenção e tratamento em relação aos cânceres de mama e de colo de útero é devido os números do Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 600 novos casos de câncer de mama deverão ser diagnosticados em Mato Grosso, a maioria deles, 470, em Cuiabá. E ainda aumenta em 85% as chances das pacientes, caso o problema seja detectado precocemente. Programação Durante o Outubro Rosa, Policlínicas, centros de Saúde e unidades do Programa Saúde da Família (PSF) estarão intensificando o atendimento às mulheres. Nas 92 unidades que integram a rede básica de saúde (Centros de Saúde e os PSF’s) serão realizadas palestras sobre a importância da ida regular ao ginecologista e a realização dos exames preventivos como o Papanicolau (Colpocitologia Oncótica - CCO), exame clínico e auto-exame das mamas e mamografias. No Centro de Saúde Pico do Amor, além de palestra, também haverá coleta de CCO para exame preventivo de câncer de colo de útero. Na capital, a programação obedecerá ao seguinte calendário: de 05 a 09 de outubro (primeira semana do mês), as unidades de saúde da Regional Norte estarão realizando uma programação especial, voltada para a campanha. Na segunda semana, de 12 a 16 de outubro, será a vez da Regional Sul; na terceira semana, de 19 a 23 de outubro, na Regional Leste e, na última semana do mês, de 26 a 30 de outubro, será na Regional Oeste. Durante todo o mês, as unidades de saúde da rede de atenção básica continuam com suas atividades normais.