Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer realiza concurso gastronômico em comunidades rurais

Empaer realiza concurso gastronômico em comunidades rurais
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e a Prefeitura Municipal de Mirassol D’Oeste realizam o Concurso de Pratos Gastronômicos em 22 comunidades e assentamentos rurais. Com objetivo de incentivar o consumo de alimentos produzidos na agricultura familiar, as participantes terão que elaborar receitas doces e salgadas. O concurso conta com a participação de aproximadamente 500 mulheres rurais e terá encerramento previsto no dia 31 de julho. A gerente de Programas e Projetos da Empaer, Denise Ávila Guterres, comenta que o concurso tem a finalidade de divulgar e promover as comunidades como grandes produtoras de alimentos. E também, incentivar a experimentação de receitas e criação de novos pratos, usando técnicas adequadas de higiene e preparos de alimentos combinando criatividade, sabor e originalidade. “O evento permite maior envolvimento das agricultoras nas atividades relacionadas ao campo e promove a valorização das famílias rurais”, destaca Denise. Em cada comunidade serão selecionados três pratos, a vencedora estará concorrendo para premiação final, que será no mês de agosto, durante o XXIV Encontro de Mulheres Rurais. A seleção dos pratos gastronômicos começou em junho e encerra no final de julho. Os pratos estão sendo elaborados a base de mandioca, maracujá, abacaxi, amendoim, feijão de corda, milho verde, frango, suíno, legumes e outros. A técnica agropecuária da Empaer, Marribe Cardena, conta que em cada comunidade serão selecionadas seis receitas, sendo três doces e três salgadas. Segundo Marribe, a intenção é produzir um livro de receitas com as três primeiras classificadas de cada comunidade, e um total de 132 receitas serão divulgadas. O trabalho nas comunidades é realizado também pelos extensionistas Maria Conceição da Silva, Milton Antônio da Silva e a técnica administrativa, Eli Barbosa de Oliveira.