Pular para o conteúdo
Voltar

Empaer transfere tecnologia sustentável de manejo de gado leiteiro

Empaer transfere tecnologia sustentável de manejo de gado leiteiro
Cristiane Celina (Assessoria)

A | A
Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), por meio do escritório local de Lucas do Rio Verde, tem transferido a melhor forma de manejo de gado leiteiro sustentável: o sistema voisin. Pastoreio Racional Voisin (PRV) é um sistema de produção à base de pasto, que contribui com o desenvolvimento econômico e social e com a viabilização produtiva da unidade familiar. O manejo ecológico de pastagens com alto desempenho é uma tecnologia simples, onde um dos pontos principais é não usar jamais o fogo no manejo. O animal fica poucos dias no mesmo piquete e o rebanho, dessa forma, terá sempre alimentação de boa qualidade, aumentando assim, seu desempenho. Nesse sistema, o gado engorda, não estressa e produz mais leite. O cientista francês André Voisin, foi o responsável pela sistematização de conhecimentos que originaram o manejo racional de pastagens, difundido no mundo inteiro. A propriedade do senhor Dilson Fisch, (Sítio São Valentin) tem 25 hectares, com 50 animais da raça jersey/girolando, e é a primeira em que o sistema está sendo acompanhado pelo técnico da Empaer, Esmeraldo de Almeida. “Aqui na propriedade do seu Dilson são 23 piquetes, com 2.400 m² cada, e a cada três dias o gado vai passando de um piquete para o outro. São 23 dias de intervalo entre o primeiro e o último piquete. Dessa forma, o alimento é sempre de boa qualidade e o gado não sofre com a falta de alimento verde durante o ano”, explicou Esmeraldo. Em 2011, os animais passaram pelo processo de inseminação artificial, com o sêmen de gado Holandês que foi doados pelo Governo do Estado, com resultado satisfatório. No sítio São Valentin, a ordenha é toda mecanizada e só o senhor Dilson e sua esposa trabalham. Com a orientação da Empaer, eles estão com um projeto do Pronaf Mais Alimentos para melhoria da propriedade. “Hoje, nós temos apenas 4 animais que estão sendo ordenhados, pois as demais estão prenhas. Mas, daqui a alguns dias, teremos mais 20 animais lactando e tudo isso graças às orientações que tenho recebido da Empaer”, finalizou o agricultor familiar Dilson Fisch.