Pular para o conteúdo
Voltar

Encontro reúne 250 mulheres rurais em Chapada dos Guimarães

Encontro reúne 250 mulheres rurais em Chapada dos Guimarães
Rosana Persona (Jornalista)

A | A
Aconteceu no município de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá) o 9º Encontro de Mulheres Rurais e contou com a participação de mais de 250 pessoas. O diretor técnico da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Almir de Souza Ferro, falou que a empresa está à disposição no atendimento as mulheres seja no serviço de assistência técnica, linhas de crédito, área social e outros. O evento foi realizado, no sábado (27.11), no salão paroquial da igreja Nossa Senhora de Santana, localizada na Praça Dom Wunibaldo. O prefeito de Chapada dos Guimarães, Flávio Daltro Filho, abordou a parceria com a Empaer e elogiou o trabalho de assistência técnica e extensão rural que é executado pela empresa na região. A promotora pública, Nayara Roman Scolfaro, proferiu palestra sobre gênero e a busca da igualdade; a representante da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Mato Grosso (Fetagri), Maria da Glória Borges, falou sobre política pública para a agricultura familiar; a sanitarista Claudia Celina Silva enfocou a saúde da mulher e o engenheiro agrônomo da Empaer, Reginaldo Bosco, esclareceu sobre a agroecologia. O encontro reuniu o dia todo mulheres rurais em diversas atividades, como coral da terceira idade, apresentação de violão e canto de crianças e adolescentes do grupo Peti (Projeto de Erradicação do Trabalho Infantil), dança do Siriri, desfile da miss e rainha rural, sorteios e outros. Participaram do encontro, mulheres das áreas dos assentamentos Jangada-Roncador, Santo Expedito, Descalvado, Costa Rica, Mamede, Quilombo e das comunidades, Varginha Morro do Bom Jardim, Cachoeira Bom Jardim, Água Fria, Barra do Ribeirão, Pedra Preta, João Carro, Rio da Casca, Lagoinha de Baixo, Fazenda Nova, Padilha, Capão das Vacas, Batatais/Córrego do Campo, Praia Rica, Paraíso do Manso e outros. A produtora rural Irinita Albina da Silva, proprietária de 15 hectares na comunidade João Carro, possui pequenos animais e planta feijão, mandioca, banana para subsistência e todo excedente comercializa em Chapada dos Guimarães. Mãe de sete filhos, Irinita trabalha o dia todo na lavoura e no período da noite estuda na comunidade. Presente na maioria dos encontros, ela destaca a importância das palestras voltadas às mulheres rurais. Durante o evento, líderes comunitárias foram homenageadas pelo trabalho social em atendimento às mulheres rurais. Com recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o evento foi organizado pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e Prefeitura Municipal de Chapada.