Pular para o conteúdo
Voltar

Estação de piscicultura comercializa alevinos toda sexta-feira em Livramento

Estação de piscicultura comercializa alevinos toda sexta-feira em Livramento
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
Alevinos de tambacu e tambatinga são comercializados na Estação de Piscicultura da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), no município de Nossa Senhora do Livramento, (42 km ao Sul de Cuiabá). O chefe da Estação, Antônio Claudino da Silva Filho, comenta que a intenção é vender em apenas um dia 50 mil alevinos, medindo de três a cinco centímetros para os piscicultores da região. A Estação estará comercializando alevinos uma vez por semana, apenas na sexta-feira e a previsão é vender 500 mil alevinos até o final de março. O produtor rural João Crisoste de Lara, do município de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá), possui uma área de 33 hectares na comunidade Alegre e pela primeira vez vai testar a criação de alevinos. Para iniciar a atividade construiu três tanques de peixe e vai utilizar apenas um. A intenção é aprender sobre recria e engorda em cativeiro e só depois trabalhar comercialmente. O produtor tem 13 filhos e 20 netos, para consumo da família comprou mil alevinos de tambacu. “É preciso saber lidar com os alevinos e só depois investir na atividade que pode ser lucrativa”, destaca João. Na entrega dos alevinos, o chefe da Estação repassa orientações aos piscicultores desde os cuidados com a soltura dos alevinos nos tanques ou represas até o abate. Antônio explica que é importante colocar a quantidade de alevinos conforme o tamanho do tanque. Um alevino ocupa um metro quadrado de lâmina d’àgua e necessita de ração farelada alternando a granometria da ração com o crescimento. No período de 10 a 11 meses, os peixes estão prontos para o abate e podem atingir o peso de 1,6 quilos. Com dois tanques para criação em cativeiro, Isabel Gomes, da comunidade Pedra Branca de Nossa Senhora do Livramento, comprou dois mil alevinos, medindo de 5 a 8 centímetros e pretende acompanhar de perto a criação dos peixes. Começou a criar no ano passado e está retirando peixes do tanque pesando 1,2 quilo. Com experiência há mais de 10 anos na criação de alevinos, Anderson Lélis, do município de Cuiabá, adquiriu quatro mil alevinos e espera retirar peixes de até 3 quilos. Ele não comercializa e afirma que é para consumo da família e dos amigos. “O peixe atinge esse peso, porque fica de dois a três anos no tanque”, confessa Lélis. Para adquirir peixe da Empaer é necessário fazer reserva e encomendar – (65) 9606 0281/ 9973 5421. O transporte é por conta do comprador. O técnico agropecuário da Empaer, Francisco de Souza Filho comenta que os preços variam de acordo com tamanho, alevinos medindo de três a cinco centímetros são comercializados a R$ 150,00 o milheiro, de cinco a oito, R$210,00 e de oito a dez centímetros por R$ 270,00 o milheiro. O pagamento é feito na retirado dos alevinos.