Pular para o conteúdo
Voltar

Governo investe R$ 1,5 milhão na cadeia produtiva do leite

Governo investe R$ 1,5 milhão na cadeia produtiva do leite
Sinara Alvares(GCom) e RosanaPersona (Empaer)

A | A
Os pequenos produtores de leite de 24 municípios de Mato Grosso receberam 88 resfriadores de leite do Governo do Estado, em um investimento de R$ 1,5 milhão de reais. A ação, realizada por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf-MT), é fundamental para aumentar os índices de produção e a qualidade do leite produzido por cooperativas e pequenos produtores familiares. A entrega foi realizada no dia 03 de junho, no Central de Comercialização da Agricultura Familiar, em Várzea Grande. Segundo o governador Pedro Taques, o cooperativismo é muito importante e será apoiado nesta gestão. “Este evento de hoje não será realizado de forma isolada, pois Mato Grosso terá muitas ações para beneficiar os pequenos produtores e agricultura familiar. Precisamos falar em pesquisa e em microcréditos para estas famílias. Importante lembrar que já determinamos que a merenda escolar seja fornecida com produtos da agricultura familiar”, afirmou. De acordo com o secretário de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Suelme Fernandes, o Estado vai exigir uma contrapartida da prefeitura beneficiada, que é a construção de uma base física para melhor funcionamento, higienização e abrigo do equipamento. O secretário avalia que esta ação mostra que o governo tem compromisso com a agricultura familiar e consolida a intenção do Estado em trazer a produção familiar como foco das ações públicas nesta gestão. “Os equipamentos vão ajudar na profissionalização da cadeia leiteira o que irá gerar emprego, renda e condições para as famílias se manterem no campo”, explicou. Fiscalização O presidente da Empaer, Layr Mota da Silva esclarece que os técnicos da empresa serão responsáveis em acompanhar o uso adequado dos resfriadores, controle efetivo de utilização pelas prefeituras, cooperativas e outras. Conforme Layr, os técnicos da Empaer vão auxiliar na instalação dos resfriadores e a cada seis meses, será enviado um relatório para Seaf com a produção de leite e a utilização pelos produtores dos municípios. “O acompanhamento será efetivo com a finalidade de garantir ao pequeno produtor melhor qualidade de vida”, enfatiza. Os municípios foram selecionados de acordo com a demanda e potencialidade de produção do leite dos pequenos produtores do Estado. Foram contemplados Alto Araguaia, Alto Boa Vista, Campinápolis, Castanheira, Cotriguaçu, Aripuanã, Guarantã do Norte, Jauru, Juruena, Mirassol D’Oeste, Nova Bandeirantes, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Xavantina, Novo Mundo, Paranaíta, Pontal do Araguaia, Ribeirão Cascalheira, São José do Povo, Poxoréu, Terra Nova do Norte, Tabaporã, Várzea Grande e Vila Bela de Santíssima Trindade.