Pular para o conteúdo
Voltar

Levantamento mostra que produção de grãos é armazenada em municípios vizinhos

Levantamento mostra que produção de grãos é armazenada em municípios vizinhos
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Com capacidade para armazenar 1,8 milhão de sacas de grãos, estão sendo construídos dois armazéns no município de Ribeirão Cascalheira (900 km a Leste de Cuiabá) para atender os produtores rurais na safra 2015/2016. Após levantamento nas áreas rurais, foi constatado que são cultivados 81.924 hectares de grãos na região e a produção é armazenada e comercializada nos municípios vizinhos. O técnico agrícola da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Carlos Alberto Quintino fala que os armazéns possibilitarão aumento na arrecadação do município beneficiando a cidade e a população. Durante dois meses, técnicos da Empaer, Secretaria Municipal de Agricultura e Sindicato Rural percorreram 65 propriedades rurais para realizar o levantamento das áreas cultivadas e apuraram que o cultivo da soja possui uma área plantada de 74 mil hectares, com uma produtividade média de 52 sacos por hectare ou 3.120 kg/hectare. Em seguida aparece o cultivo do milho com 7.662 hectares, arroz 3.070 hectares e feijão 2.400 hectares. Conforme Carlos, o milho cultivado é o safrinha com uma produtividade média de 5.760 kg/hectare. O levantamento da área tem o objetivo de orientar os produtores rurais a armazenar e comercializar a produção no município, gerando mais arrecadação e benefícios para o contribuinte. Quintino conta que a safra 2014/2015, foi armazenada nos municípios de Querência e Canarana. “Muitos produtores retiraram a Inscrição Estadual em outros municípios e queremos incentivá-los a retirar a Inscrição em Ribeirão Cascalheira”, destaca. Ele ressalta que nas áreas com pivô central alguns produtores estão investindo no cultivo de feijão irrigado. A tendência é ampliar a área cultivada de grãos. O trabalho de levantamento nas propriedades rurais contou com a participação do secretário de Agricultura, Rogério Marques dos Reis, técnico da secretaria da agricultura, Argemiro Coelho de Moraes e o presidente do sindicato rural, Ivo Cabral de Menezes.