Pular para o conteúdo
Voltar

Luciara apresenta projeto modelo de horticultura

Luciara apresenta projeto modelo de horticultura
Cristiane Celina (Assessoria/Empaer)

A | A
Equipes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf/MT) e da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) participaram no fim de semana da apresentação de um projeto de horticultura na Prefeitura de Luciara. Durante a reunião, foram estabelecidas parcerias para o desenvolvimento do projeto Horta Familiar, uma iniciativa da Escola Municipal do Campo São Bento e da Escola Estadual Juscelino Kubitschek. No ano de 2013, doze famílias foram envolvidas na construção de hortas. As hortas foram usadas como instrumentos pedagógicos de incentivo à produção na agricultura familiar. “No projeto, atendemos tanto os alunos do Município como do Estado, pois todos moram em Luciara. Nós fomos até Cuiabá com um pequeno projeto e hoje Cuiabá veio para Luciara”, destacou o prefeito Fausto Azambuja Filho (Faustinho). O projeto na escola vem ao encontro das práticas do campo assegurando ao homem do campo qualidade de vida. Para isso, o projeto entregou a essas 12 famílias, kit’s básicos para começar a produção das hortaliças como carrinho de mão, enxada, tela, mangueiras, arames e sementes. “O Eduardo Dary (engenheiro agrônomo da Empaer de Luciara), nos orientou com palestras sobre compostagem, visto que nós queríamos produtos sem agrotóxicos, e também nos ajudou na elaboração dos orçamentos”, ressaltou a professora Elessandra Gama Carvalho. “Todos nós sabemos que as hortaliças em geral, são ricas em sais minerais, vitaminas e fibras, e nem sempre as pessoas têm o hábito de consumí-las, então esse projeto vai incentivar o consumo, principalmente nas crianças. É um projeto social de suma importância. Como a Empaer possui vários profissionais especializados nas cadeias produtivas apresentadas no projeto, nós, com certeza, temos condições de ajudar”, afirmou o diretor de Ater da Empaer, Almir Ferro. Para 2014 o projeto foi ampliado e o foco agora está no trabalho e geração de renda. Abrange apicultura, roça (mandioca, feijão, abóbora, etc.), minifábrica de sabão artesanal, plantação de pimenteiras (conservas e molhos), criação do museu do homem/mulher do campo, plantação de frutíferas (quintal ecológico) e o atendimento do número de famílias que em 2013 foi de 12, aumentará para 40 famílias. “Só há desenvolvimento se houver conhecimento e tecnologia. O foco da Empaer é pesquisa e assistência técnica. Quanto ao solicitado à Sedraf, no mês de maio nós conseguiremos disponibilizar o calcário para o município de Luciara”, explicou o secretário da Sedraf, Luiz Alécio.