Pular para o conteúdo
Voltar

Oficina capacita agricultores na criação de galinha caipira no Médio Norte

Oficina capacita agricultores na criação de galinha caipira no Médio Norte
Rosana Persona (Jornalista)

A | A
[i]Agricultores e Agricultoras misturando os ingredientes[/i] Com a existência de um mercado crescente para o consumo de carne e ovos de galinhas do tipo caipira ou colonial, foi realizada no sítio Porteira, na comunidade Tingo, no município de Alto Paraguai (218 km a Médio Norte de Cuiabá), uma Oficina sobre Manejo Alimentar de Aves de Postura e de Corte para aproximadamente 15 agricultores familiares. O técnico agrícola da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Irapuan Rodrigues da Silva, destacou em sua palestra a criação de aves, raças, abate, consumidor, mercado, comercialização e outros. Conforme Irapuan, o produto tem pouca oferta e o consumidor está cada vez mais exigente com relação a qualidade, custo e preço do produto. Ele destaca que nos últimos anos os produtores fizeram várias tentativas para comercializar a galinha caipira e não tiveram êxito. “Esse fato foi percebido pela assistência técnica da Empaer que teve a iniciativa de intervir e buscar o resgate do sistema de criação para chegar a um produto final conforme a exigência do consumidor amparado pela legislação”, ressaltou. O técnico enfatiza que o trabalho está apenas começando e o foco será resgatar o sistema de criação semi-intensivo com alimentação a base de produtos de origem vegetal aproveitando o que possui na propriedade rural, genética de raças apropriadas para cada criação (corte, postura ou mista), abate e armazenamento seguindo as normas sanitárias. Durante a Oficina, os agricultores aprenderam a produzir a ração e a calcular os custos de produção. Segundo Irapuan, a economia nos custos de alimentação pode chegar a 54,51%. “Espera-se com isso a busca gradativa da viabilização econômica da atividade, configurando em alternativa real de renda das famílias”, explica. Ainda no evento, o técnico agropecuário da Empaer, Sebastião Lima Soares, esclareceu e tirou dúvidas sobre a administração de pequenas propriedades e contou com o apoio da agente administrativo, Maria Elena Saquete. A Oficina contou com a participação de produtores rurais do município de Barra do Bugres das comunidades Currupira e João Maria.