Pular para o conteúdo
Voltar

Palestra sobre hortaliças para agricultores em Cláudia

Palestra sobre hortaliças para agricultores em Cláudia
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
Com a proposta de produzir com tecnologia, promover a rentabilidade do produtor rural e reduzir o uso de agrotóxicos, será realizada nesta quinta-feira (25.02) palestra técnica sobre manejo alternativo de pragas em hortaliças, para agricultores familiares no município de Cláudia (620 km ao Norte de Cuiabá). O agente técnico da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Rogério Leschewitz, vai falar sobre a produção responsável de alimentos saudáveis para população. Conforme Rogério, um dos focos da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) do escritório da Empaer no município é orientar os agricultores quanto ao manejo sustentável da propriedade com inserção de técnicas voltadas à agroecologia e cultivo orgânico dos alimentos. “Muitas propriedades sequer utilizam recursos externos como, por exemplo, pesticidas e adubos químicos, o que facilita a implantação e desenvolvimento da atividade”, esclarece. De acordo com o agente técnico, o município possui em torno de 62 propriedades que trabalham com a atividade de horticultura e fruticultura. Cultivam alface, cheiro verde, abóboras, mandioca, batata doce, melancia, melão, maracujá, abacaxi, mamão, acerola e citros em geral. A produção de frutas é basicamente voltada à extração de polpa para suco, a qual é realizada por diversas despolpadeiras na região. A produção de hortaliças e frutas é basicamente vendida para consumo interno por meio da Associação da Feira dos Produtores de Cláudia (Afeproc) e o excedente da produção é destinado a venda em mercados, diretamente nas casas dos consumidores e em municípios vizinhos. Segundo Leschewitz, muitos agricultores estão inseridos no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o que facilita o escoamento da produção das propriedades e garante lucro e renda. Outros agricultores estão comercializando a produção em Sinop, distante 90 km do município, e pretendem fortalecer a feira municipal com a implantação de um centro de comercialização regional de frutas e verduras. Para isso, técnicos da Empaer, em parceria com a prefeitura do município e produtores, estão realizando um levantamento para viabilizar a demanda. A palestra será realizada no Clube dos Idosos, às 19 horas.