Pular para o conteúdo
Voltar

Pescadores de Nobres recebem barcos do Pronaf Pesca

Pescadores de Nobres recebem barcos do Pronaf Pesca
Cristiane Celina (Assessoria/Empaer)

A | A
Quatro pescadores profissionais de Nobres receberam barcos através do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento à Agricultura Familiar) na modalidade Pesca, que atende aos pequenos aqüicultores e pescadores profissionais que se dediquem à pesca artesanal com fins comerciais, explorando a atividade como autônomos, com meios de produção próprios ou regime de parceria com outros pescadores artesanais. Os barcos irão profissionalizar e aumentar a renda dos pescadores. “Antigamente os pescadores só tinham a canoa ou pescavam a beira dos barrancos. Com a oportunidade que estão recebendo hoje, além de profissionalizar a atividade, irão incrementar a sua renda”, ressaltou o presidente da Colônia de Pescadores Z-4, Jules de Moraes. O financiamento foi pelo Banco do Brasil com carência de dois anos, para começar a pagar e reembolso ao banco em oito anos. Os barcos acompanham motor HP, carreta e freezer. Para acesso ao financiamento é necessária a filiação como pescador profissional e a devida anuência do Ministério da Pesca. Segundo o técnico da Empaer Amarildo Sampaio Anchieta, a viabilidade do financiamento só foi possível com a parceria dos órgãos. “Se não houver parceria ficamos de mãos atadas. Aqui em Nobres cada órgão faz a diferença: O Ministério da Pesca e Aquicultura, que emite a carteira profissional aos pescadores, o Banco do Brasil que libera o financiamento, a Empaer que elabora os projetos e a DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) ao pescador, o apoio da Prefeitura de Nobres, a Colônia de Pescadores que estão sempre correndo atrás de seus direitos, enfim, a melhor definição é a união”, ressaltou Amarildo. O prefeito de Nobres, Sebastião Gilmar Luiz da Silva, destacou a importância da Empaer na execução dos programas que visam fortalecer a agricultura familiar. “O tempo todo nós temos o apoio da equipe da Empaer de Nobres, o Amarildo e o Elias sempre orientam em todas as etapas e hoje nós estamos concretizando esse projeto, para que os pescadores tenham melhor qualidade de vida”, explicou.