Pular para o conteúdo
Voltar

Rodada de negociação foi transferida para o dia 9 de julho na Central de Comercialização

Rodada de negociação foi transferida para o dia 9 de julho na Central de Comercialização
Rosana Persona (Jornalista)

A | A
A Central de Comercialização da Agricultura Familiar, localizada em Várzea Grande, começa a funcionar com regularidade toda sexta-feira. Os produtores de 14 municípios do Território da Cidadania estarão comercializando a produção no dia 09.07. O coordenador geral da Central de Abastecimento, José Alfredo da Costa Marques, comenta que na próxima sexta-feira (02.07), não haverá negociação por parte dos produtores da Baixada Cuiabana, devido ao jogo de futebol da Seleção Brasileira. O supervisor do escritório Metropolitano da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Vico Capistrano, fala que os técnicos da empresa estão atuando em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (Seder) auxiliando na mobilização, organização dos produtores e na comercialização dos produtos. Vico acredita que em menos de um ano, a área construída de 3 mil metros quadrados será pequena para atender mais de 1.300 produtores rurais. “Todo começo é um aprendizado, nós e os produtores estamos aprendendo e em breve a Central funcionará diariamente”, enfatiza Capistrano. Para acompanhar a produção de hortifrutigranjeiros, técnicos da Empaer estão verificando a tecnologia utilizada, produtos mais produzidos, rendimento, qualidade, transporte, acesso ao crédito, utilização de agrotóxico, tipos de solos, irrigação, captação de água, rotação de cultura, comercialização e outros. Durante esse levantamento foi identificado a existência de 21,5 mil agricultores familiares, sendo 10 mil agricultores tradicionais e 11,4 mil assentados em 1.120 propriedades rurais. A cultura da mandioca ocupa uma área de aproximadamente 400 hectares, considerada a mais cultivada nos municípios. Segundo o coordenador da Central, Alfredo, os atacadistas e consumidores virão a central de comercialização já com a lista dos produtos que serão negociados naquela data, com preço estimado, quantidade e variedades de hortifruti. “Vamos informar os compradores com antecedência sobre os produtos que estarão à disposição para venda”, esclarece Costa Marques