Pular para o conteúdo
Voltar

Técnicos da Empaer discutem planos de recuperação e desenvolvimento em 51 assentamentos do Estado

Técnicos da Empaer discutem planos de recuperação e desenvolvimento em 51 assentamentos do Estado
Rosana Persona (Jornalista)

A | A
Técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), dos Territórios da Cidadania, Portal da Amazônia e Baixo Araguaia, participam da reunião do Projeto de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates), com o objetivo de discutir e elaborar os Planos de Desenvolvimento do Assentamento (PDA) e Planos de Recuperação do Assentamento (PRA) em 21 municípios do Estado. Cerca de 70% dos planos estarão prontos no mês de maio e vão definir as ações, que serão executadas nas áreas de assentamentos a curto, médio e longo prazos. A reunião realizada no auditório da Fundaper começou nesta terça-feira (15.03), em Cuiabá. Além do atendimento às famílias rurais, o coordenador do Projeto Ates, Osmano de Freitas Silva fala que serão elaborados 23 PDA e 21 PRA que atenderão 51 assentamentos. Os técnicos capacitarão 5.400 agricultores assentados; farão 170 visitas de assessoramento, monitoramento e avaliação das atividades do projeto; implantação de 52 Unidades Didáticas de Segurança Alimentar e 52 Unidades Didáticas de Sustentação Econômica. O principal enfoque do Projeto Ates é oferecer um serviço de assistência técnica de qualidade com tecnologias geradas para o agricultor familiar. Com recursos na ordem de R$ 10,8 milhões provenientes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e R$ 1,2 milhões do governo do Estado de Mato Grosso, técnicos da Empaer prestam serviço de assessoria técnica para 9 mil famílias rurais. O diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), Almir de Souza Ferro, fala que após a elaboração dos planos, os produtores produzirão conforme as condições do solo, disponibilidade de água nas propriedades, a cultura a ser explorada, estudo de mercado, comercialização e outros. “O produtor vai materializar o desejo de produzir oferecendo melhores condições de vida para sua família”, explica Ferro. Durante a reunião o técnico do Incra, Sindolfo M. Leão Filho, aborda a inserção da reserva legal e áreas de Preservação Permanente; engenheiro agrônomo da Empaer, Euripedes Maximiano Arantes, orienta classificação e aptidão dos solos e a geógrafa da Empaer, Begair Filipaldi e Osmano Freitas falam dos requisitos para a elaboração dos mapas e documentos. Segundo Osmano, os planos vão orientar as comunidades rurais e as ações que serão executadas para atender aos anseios dos agricultores familiares. O evento termina nesta quinta-feira (17.03), às 17h, na Rua Américo Salgado, bairro Araés, sede da Fundaper. Participaram da abertura do evento o presidente da Empaer, Enock Alves dos Santos, diretor de Pesquisa, Carlos Milhomem, presidente da Fundaper, Rogério Monteiro Costa Silva e funcionários. Outras informações pelo telefone (65) 3623-5462.