Pular para o conteúdo
Voltar

Técnicos da Empaer elaboram CAR gratuitamente para produtores do MDA

Técnicos da Empaer elaboram CAR gratuitamente para produtores do MDA
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Os técnicos do escritório metropolitano da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), localizado no município de Várzea Grande, estão atendendo gratuitamente os produtores rurais inscritos no Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Mais de trinta produtores do município de Cuiabá, da comunidade Barreiro/Buritizal foram atendidos e a previsão é atender 130 produtores das comunidades Raizama e Rio dos Couros/Aricazinho. O zootecnista da Empaer, Antônio Rômulo Fava, falou que neste primeiro momento foi acertado com a presidente da Associação da Comunidade Buritizal, Maria Zoelina Santos Costa, que os produtores seriam atendidos duas vezes por semana (segunda e terça-feira). Foram realizadas palestras nas comunidades para informar aos produtores da necessidade da elaboração do CAR. Ele explica que existe um cronograma para facilitar o atendimento. Maria Zoelina comenta que os produtores não conheciam a necessidade do CAR e muito menos recursos para pagar a elaboração. Ela conta que verificou que algumas empresas estavam cobrando o valor de R$ 350,00 para áreas de até 50 hectares. O produtor rural, Erineu Anunciação Correa, proprietário de 28 hectares na Comunidade Buritizal está satisfeito com o trabalho dos técnicos da Empaer e acredita que deixar a propriedade regularizada vai facilitar o acesso ao crédito rural. “A Empaer está de parabéns em prestar esse atendimento aos produtores da comunidade”, ressalta Maria. O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um instrumento fundamental para auxiliar no processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais. Consiste no levantamento de informações georreferenciadas do imóvel, com delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada, áreas de interesse social e de utilidade pública, com o objetivo de traçar um mapa digital a partir do qual são calculados os valores das áreas para diagnóstico ambiental. Conforme Fava, a execução do processo possibilita ao produtor, além da segurança jurídica, comprovar regularidade ambiental, a suspensão de sanções, facilidade de acesso ao crédito, acesso aos programas de regularização ambiental, certificação da origem da matéria-prima, contribuir para o equilíbrio hídrico da propriedade, abertura para os caminhos da exportação, consolidação da agricultura familiar, entre tantas outras vantagens. Ferramenta importante para auxiliar no planejamento do imóvel rural e na recuperação de áreas degradadas, o CAR fomenta a formação de corredores ecológicos e a conservação dos demais recursos naturais, contribuindo para a melhoria da qualidade ambiental, sendo atualmente utilizado pelos governos estaduais e federal. Todos os proprietários rurais devem aderir ao CAR e regularizar a sua propriedade até o dia 6 de maio de 2016.