Pular para o conteúdo
Voltar

Técnicos recebem curso sobre tecnologia para cultivo de tomate e pimentão

Técnicos recebem curso sobre tecnologia para cultivo de tomate e pimentão
Rosana Persona (Jornalista da Empaer)

A | A
A tecnologia utilizada no cultivo de tomate e pimentão foi o tema do quinto módulo da capacitação continuada da cadeia produtiva da olericultura, direcionada para técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) e parceiros do Vale do Rio Cuiabá. O evento acontece em um hotel fazenda, localizado no Km 70, no município de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá), com encerramento previsto para esta sexta-feira (12.07), às 17h. O pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e coordenador do evento, Flávio Fernandes Júnior, destaca que o objetivo é melhorar o nível técnico dos produtores, produtividade, segurança e regularidade no cultivo. O quinto módulo contou com a participação do pesquisador da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater), Romério José de Andrade, que proferiu palestra sobre a produção de mudas, preparo do solo, nutrição, tutoramento, desbrota e colheita da cultura do tomate. O pesquisador do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Hélcio Costa, falou sobre o manejo integrado de doenças do tomateiro. Conforme ele, o cultivo exige cuidados, nutrientes e rigor nos tratos culturais, pois a planta é muito sensível a pragas e doenças. A cultura do tomate é a segunda hortaliça mais plantada no Brasil, tem consumo e grande volume de negócios. Flávio explica que, para avaliar o desenvolvimento de cultivares de hortaliças, foram instaladas Unidade de Referência Tecnológica (URT) nos municípios de Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Sorriso. “Pretendemos instalar mais unidades em Várzea Grande, Poconé e Cuiabá”, enfatiza. O coordenador regional da Empaer, Vico Capistrano Alencar, fala que a capacitação continuada oferece aos 60 técnicos, de 12 municípios do Estado, condições e tecnologia para fomentar a produção de Frutas, Legumes e Verduras (FLV), no Vale do Rio Cuiabá.