Pular para o conteúdo
Voltar

Vice-governador e membros da Empaer debatem ações para a agricultura familiar

Vice-governador e membros da Empaer debatem ações para a agricultura familiar
Rosana Persona ( jornalista da Empaer)

A | A
Com objetivo de discutir e planejar a assistência técnica,extensão rural, pesquisa e a difusão de tecnologias para a agricultura familiar nos próximos anos foi realizada nesta quinta-feira (23.07), uma reunião na Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) com a presença do vice-governador Carlos Fávaro. Foi apresentado o trabalho executado nos 127 escritórios da Empaer, nos campos experimentais, viveiros de mudas e laboratórios da empresa. Fávaro falou sobre a elaboração de um grande projeto para transformar a agricultura familiar atuante e produtiva no Estado de Mato Grosso. E destacou também que a Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf) e Empaer são instrumentos de desenvolvimento social e podem gerar conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural. “Precisamos envolver parceiros para atender o produtor rural, desta forma, o esforço em conjunto proporciona um resultado maior”, destaca Fávaro. Durante a reunião o novo diretor de Pesquisa da Empaer, Antonimar Marinho dos Santos, falou sobre os 46 projetos de pesquisa voltados prioritariamente para a agricultura familiar, gerando novos conhecimentos e disponibilizando tecnologias adaptadas as condições do pequeno produtor. Atualmente esse seguimento trabalha com melhoramento vegetal de arroz, feijão, gramíneas forrageiras, mandioca, abacaxi, banana e maracujá. Estão sendo também desenvolvidas pesquisas com espécies florestais (potencial madeireiro, reflorestamento, sistemas Agroflorestais, etc.) e na área de Agroecologia. O diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), Rogério Monteiro Costa e Silva, explicou que a Empaer atende por ano 35 mil agricultores, entre mulheres rurais, indígenas, quilombolas e jovens rurais. Está presente em 122 municípios, beneficiando 87% dos 141 municípios existentes no Estado. Os beneficiários da empresa são todos agricultores em 76% dos estabelecimentos rurais do Estado, gerando emprego e renda, sendo responsáveis por mais de 70% dos alimentos consumidos pela população mato-grossense. O presidente da Empaer, Layr Mota da Silva, falou que foi elaborado um relatório pelos técnicos da empresa para auxiliar no atendimento ao agricultor familiar e foi constatado a existência de 104 mil agricultores familiares, sendo 62 mil produtores assentados e 42 mil produtores tradicionais. “Estamos nos organizando para garantir uma empresa mais atuante e prestando um atendimento ao produtor em assistência e pesquisa, dando condições aos pequenos de receberem inovações tecnológicas para expandir a produção de forma assistida pela Empaer”, enfatiza Mota. A reunião contou com a participação do secretário da Seaf, Suelme Fernandes, Extraordinário de Articulação e Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura, coordenadores e funcionários da Empaer.