Pular para o conteúdo
Voltar

Videoconferência incrementa ações na agricultura familiar

Videoconferência incrementa ações na agricultura familiar
Cristiane Celina (Assessoria/Empaer)

A | A
A Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) começou a instalar equipamentos para formar a rede de salas de videoconferência. A rede vai interligar todas as 27 entidades estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), o Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater), a Embrapa Sede e Embrapa Suínos e Aves, perfazendo o total de 30 salas. O projeto faz parte de um programa de educação do MDA, que visa treinar extensionistas rurais com objetivo de levar aos agricultores familiares, assentados da reforma agrária, quilombolas e outros beneficiários, todos os métodos de enfrentamento e prevenção das gripes aviárias, suína e equína, pois além do perigo aos animais, essa doença pode atingir seres humanos. Em 2009 foram capacitados, em Brasília (DF), 90 médicos veterinários extensionistas rurais, de todos os estados. Estes, por sua vez, capacitaram durante o ano de 2010, mais 2000 extensionistas de múltiplas áreas que passaram a desenvolver, em suas atividades rotineiras, a “Campanha de educação para enfrentamento das gripes aviárias, suína e equína”, levando aos agricultores familiares orientação de prevenção da doença. A rede vai proporcionar, de forma permanente e continuada, a atualização dos extensionistas sobre os conhecimentos específicos dessa área. O médico veterinário e consultor do MDA, René Dubois, explicou que essa rede de salas, também irá beneficiar outras áreas e projetos. “Uma ferramenta desse tipo não poderia se restringir só a um projeto. Vai ser o grande instrumento de comunicação direcionado à agricultura familiar. Trata-se de uma tecnologia moderna, onde permite até 40 pontos de sala ou computadores individuais que irão interagir em tempo real e mais de 150 pontos somente para assistir”, ressaltou Dubois.