Pular para o conteúdo
Voltar

Visita técnica mostra 11 variedades de trigo irrigado em Primavera do Leste

Visita técnica mostra 11 variedades de trigo irrigado em Primavera do Leste
Rosana Persona (jornalista)

A | A
No município de Primavera do Leste (231 km ao Sul de Cuiabá), na fazenda Cabeceira da Ferradura, no arrendamento do Grupo Polato, acontece nesta quinta-feira (19.08), uma visita técnica à cultura de trigo irrigado. O coordenador do Programa de Apoio à Cultura do Trigo (Protrigo) e pesquisador da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Hortêncio Paro, esclarece que 11 variedades de trigo com potencial produtivo para Mato Grosso serão demonstradas aos produtores que possuem irrigação nas propriedades. O evento é direcionado a estudantes, empresários, produtores rurais, profissionais de assistência técnica e extensão rural e outros. A visita está programada para começar às 8h. Paro salienta que o trigo irrigado tem apresentado respostas positivas com uma produtividade entre 70 a 75 sacas por hectare, inclusive com uma qualidade de grão comparado aos melhores trigos importados. O trigo irrigado está na fase final de maturação e segundo Paro, apresenta grande potencial de produção. As variedades mais usadas são BRS 264 e BRS 254. Conforme o pesquisador, a meta do Protrigo é fazer com que a cultura tenha sustentabilidade no Estado. Ele ressalta que é preciso envolver os produtores que possuem em suas propriedades pivôs de irrigação para cultivar também trigo. Em Mato Grosso existem mais de 300 equipamentos de irrigação, numa área de aproximadamente 30 mil hectares. Durante a visita técnica os representantes do Moinho Mato Grosso conversam com os produtores sobre uma possível parceria na produção de grãos, visando o fomento da cultura no Estado. Ele esclarece que os testes com as variedades serão destinados a materiais genéticos classificados para produção de pão, massas e farinhas consideradas nobres. A fazenda Cabeceira da Ferradura está localizada após a ponte do Rio das Mortes, passando pela colônia Russa, em Primavera do Leste. Mais informações, Hortêncio Paro – Fone (65) 9237 5693.