Mato Grosso, 22/10/2017

Acesso Restrito

Empaer-MT

Informativo

Busca

Oficina ensina transformação da mandioca em diferentes pratos

03/05/2011 às 08:35

Paralelo ao Dia Especial sobre Tecnologia para Produção de Mandioca, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), por meio do escritório local de Cáceres, organizou a oficina 'Transformação da Mandioca em Diferentes Pratos'.

Em dois dias de oficina, 22 mulheres das comunidades tradicionais São Geraldo e São Francisco, que ficam no município de Cáceres (225 Km a Oeste de Cuiabá), aprenderam sobre o preparo diversificado de pratos a base de mandioca. A oficina ensinou também sobre boas práticas de preparo, pois o manipulador de alimentos é o maior responsável pelo transporte de micróbios para alimentos e utensílios de cozinha. A correta manipulação dos alimentos garante segurança e higiene alimentar a toda família, por isso é obrigatório o uso de avental, touca, máscara, além de estar com as unhas aparadas, sem esmaltes e sem adereços.

Segundo a instrutora e agente técnica da Empaer de Cáceres, Natanagilda Celina de Almeida Castrillon, a oficina é preparada depois de uma série de pesquisas na área de reaproveitamento e segurança de alimentos. “Nós temos uma coletânea de receitas, onde nós testamos cada uma, antes de compor a oficina. A transferência de tecnologia é repassada às mulheres rurais por meio das Boas Práticas de Fabricação, sempre com muito cuidado quanto à higiene”, ressaltou Natanagilda. “Eu não tinha nem ideia do quanto de coisa que a gente pode fazer com a mandioca. Adorei a oficina, aprendi muito e, com certeza, vai dá até pra ganhar um dinheirinho extra lá em casa”, acrescentou dona Regina Fernandes da Silva da comunidade São Geraldo.

A intenção da oficina é melhorar primeiro, a alimentação da própria família, de forma mais saudável. Proporciona às mulheres ampliar suas possibilidades conciliando os afazeres domésticos com uma atividade extra de geração de renda. “Na alimentação tudo dá retorno e a gente tem que construir com o que temos. Não tem nada melhor do que a gente ser autônoma, sem precisar abandonar sua casa. A gente tem que experimentar: no sul é tradição o café colonial, porque não montar uma comida com a nossa cara?! E aqui é uma oportunidade de demonstrar a nossa capacidade de produção”, ressaltou a nutricionista da Empaer, Denise Ávila Gutterres, coordenadora do projeto de Assistência e Extensão Rural (Ater) para agricultores tradicionais (com apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrádio) em Mato Grosso.

Hoje a mandioca é cultivada em toda região Centro-Oeste. Suas raízes são vendidas in natura ou ainda industrializadas. Seu principal componente é o amido, o qual é excelente matéria-prima para o setor industrial nos segmentos alimentícios (substituindo o trigo em 30% na panificação). Por ser a mandioca um produto rico em carboidrato, fornecendo energia, contém vitaminas do complexo B principalmente niacina, que estimula o apetite, promove o crescimento e conserva a saúde da pele. Os minerais mais encontrados são o cálcio, fósforo e o ferro. As mandiocas amarelas apresentam alto teor de beta-caroteno, que é um antioxidante, auxiliando na proteção das células de nosso organismo.

As raízes frescas podem ser conservadas cruas ou pré-cozidas, sob refrigeração ou congelamento. Quando crua e descascada, pode ser conservada em água na geladeira por até dois dias. No congelamento das raízes cruas é conveniente embalar em filme plástico, tomando cuidado em retirar o ar e evitar o escurecimento.

A oficina demonstrou a utilização da mandioca em mais de 17 pratos como lazanha, nhocão (variação do tradicional nhoque de batata), panqueca, brigadeiro e o suco de mandioca, mandioqueijo, torta salgada, mandioca Chip, mandioca palito, bombocado, bolinho de mandioca com queijo e ervas, pudim, mandiopã, pão caseiro de mandioca e doce creme de mandioca entre outros.

Só para matar a curiosidade, segue a receita do Brigadeiro de Mandioca:

INGREDIENTES:

1 e 1/2 xícara (chá) de mandioca cozida

2 colheres (sopa) de margarina sem sal

10 colheres (sopa) açúcar

3 colheres (sopa) de chocolate em pó

5 colheres (sopa) de chocolate granulado

MODO DE PREPARO:

Cozinhe a mandioca até amolecer, escorra a água e amasse bem. À parte, derreta a margarina, acrescente a mandioca e misture bem. Junte os demais ingredientes e cozinhe até desprender do fundo da panela. Modele os docinhos e passe no chocolate granulado. Coloque em forminhas de papel e enfeite com cravo da índia.

Fonte: Cristiane Celina (Assessoria)





Empaer - A serviço da família rural

Telefone: 65 3613-1700

Sitevip Internet